27 de março de 2017 Brasil se torna o 10º maior mercado de cinema no mundo

Boas notícias para o mercado de cinema no país: de acordo com a associação MPAA, o Brasil subiu duas posições no ranking mundial e representou, em 2016, o décimo maior mercado não americano de cinema. O Brasil ultrapassou a Rússia e a Itália, arrecadando cerca de 700 milhões de dólares no ano. Os números mostram a força do audiovisual no país em tempos de economia fragilizada, e justificam o interesse das produtoras americanas em investir no público brasileiro. Recentemente, Hugh Jackman veio ao Brasil promover “Logan”, M. Night Shyamalan veio divulgar “Fragmentado” e Octavia Spencer está em solo nacional para falar sobre “A Cabana”.

O maior mercado continua sendo os próprios Estados Unidos, seguido da China e do Japão. Com muito mais salas de cinema que o Brasil, o México aparece à nossa frente em termos de arrecadação. Confira o top 15 de mercados não-americanos em 2016:

n_Cinerama14-1158x7721. China: US$6,6 bilhões
2. Japão: US$ 2 bilhões
3. Índia: US$ 1,9 bilhão
4. Reino Unido: US$1,7 bilhão
5. França: US$1,6 bilhão
6. Coreia do Sul: US$1,5 bilhão
7. Alemanha: US$1,1 bilhão
8. Austrália: US$900 milhões
9. México: US$800 milhões
10. Brasil: US$700 milhões
11. Itália: US$700 milhões
12. Rússia: US$700 milhões
13. Espanha: US$700 milhões
14. Holanda: US$300 milhões
15. Indonésia: US$300 milhões

Comentários