31 de outubro de 2017 2ª Edição GOFILM – Grande Desafio em Curto Tempo

 

O GO FILM trata-se de um projeto revolucionário e de grande visibilidade. Projeto contemplado pelo Fundo de Arte e Cultura do Estado de Goiás 2016 e tem por objetivo instigar e aumentar a produção audiovisual na capital de Goiás e gerar a troca de conhecimentos entre os participantes. Na 1ª edição (2016) foram 34 produções em único dia. Filmes, que foram exibidos em festivais até da Europa.

A segunda edição do GO Film Festival – Goiânia Filme Festival, aconteceu neste último fim de semana (27 a 29 de outubro de 2017) aqui na Unidade Lumière Bougainville (Goiânia – GO). O evento visou oportunizar os produtores audiovisuais do Brasil, onde o desafio foi produzir um curta, em 24 horas. O tema esse ano foi “O Lado Bom da Vida”, o objeto de cena foi um livro e o plano de câmera, os olhos.

Neste ano (2017) houveram 156 inscrições do Brasil e exterior e a passagem de cerca de 2000 pessoas pelo evento. Além da premiação e exibição dos curtas, o evento contou com a participação do cineasta, ator e produtor Paulo Vespúcio que foi o presidente do júri do festival e que ainda ministrou Workshop de interpretação.

Veja abaixo, as diversas categorias com o troféu GO FILM, sem o eles:

 

Melhor Curta Convencional

Jia de Li Cheng, China

 

Melhor Roteiro

As Vantagens de Ser Invisível – Equipe Blasphemus de Elvilin Pedroso – Taubaté SP

Melhor Direção

No Rolê – Coletivo Kinoférico- de Wesley Gabriel Guarulhos SP

 

Melhor Atuação

Carolina Venturelli de O Lado Bom da Vida – Equipe Destemidos – Jacareí SP

 

Melhor Direção de Fotografia

Movimento – Equipe 24 Cinemagic – Rio de Janeiro RJ

 

Melhor Edição

No Rolê – Coletivo Kinoférico- Nelson Simplício Guarulhos SP

 

Melhor Curta

Do alto dos urubu, no chão os cururu, Barreiro’s Produções de Ítalo Lopes

 

Melhor Curta Público

Tudo Vira Filme – Equipe: Vale do Curta de Marcos Alves – Taubaté, SP.

 

Melhor Curta Internacional

Aurora – Chaleco Films de Luciano Sazo, Almada Portugal

 

Melhor Curta Universitário

Ouro – Equipe Urutau de Sankirtana Dharma

 

Melhor Roteiro Goiano

Do alto dos urubu, no chão os cururu, Barreiro’s Produções de Ítalo Lopes

 

Melhor Direção Goiano

Itálo Lopes de Do alto dos urubu, no chão os cururu, Barreiro’s Produções

 

Melhor Atuação Goiana

Victor Hugo Ferr de Ouro – Equipe Urutau de Sankirtana Dharma

 

Melhor Edição Goiano

Yuri Félix, Do alto dos urubu, no chão os cururu, Barreiro’s Produções de Ítalo Lopes

 

Melhor Curta Goiano Público

Entre Lados – Equipe: Coletivo Cassada de João Vitor Fernandes

 

Melhor Curta Goiano

Do alto dos urubus, no chão os cururus, Barreiro’s Produções de Ítalo Lopes

 

Melhor Direção de Fotografia Goiano

Do alto dos urubu, no chão os cururu. Barreiro’s Produções de Ítalo Lopes – Guilherme Lobão

 

Menção Honrosa

– Banalidades de Rafael de Andrade, Brasília DF

 

– O Dia que Pedrinho Conheceu Pedrinho de Guilherme Alves, Osasco SP

 

– Atravessa – Equipe: Amarildo&Cia (GRUA&CIA) – de Amarildo Pessoa, Diogo Diniz Garcia Gomes e Juan Moynier

 

– O Zelador – Equipe: IN4 – Direção: Tiago Rabelo – Goiânia, GO

Comentários